28568

A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO ESCOLAR E A INCLUSÃO DE ESTUDANTES PÚBLICO-ALVO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NO MUNICÍPIO DE ITAGUAÍ/RJ

Favorite this paper

Este estudo consistiu em pesquisar duas escolas municipais de Itaguaí/RJ, investigando quais concepções sobre a organização do trabalho pedagógico e educacional estão presentes, considerando as experiências de inclusão de estudantes público-alvo da educação especial nessas escolas.
Para a efetivação de uma escola democrática é importante que essas instituições escolares se organizem afim de que possam atender todos os estudantes dentro de suas especificidades. Nossa concepção metodológica é a indissociabilidade entre teoria e método posta na Teoria Crítica da Sociedade.
Com destaque ao pensamento de Theodor Adorno e outros comentadores que nos auxiliaram com suas reflexões na construção desta pesquisa.
Nossos procedimentos metodológicos consistiram em entrevistas com os sujeitos participantes do estudo: professora da sala comum/regular, professora do AEE (Atendimento Educacional Especializado) e uma profissional da gestão (em ambas as escolas), e utilizamos também diário de campo, com registros sistemáticos nas observações realizadas nas escolas participantes do estudo.
Nas considerações finais, destacamos que apesar de alguns avanços, as escolas municipais de Itaguaí revelaram insipiência em relação à organização de uma escola para todos. É oportuno esclarecer que este trabalho trata-se de um recorte de trabalho de conclusão de curso de Licenciatura em Pedagogia, no qual foi um desdobramento de um projeto de iniciação científica.