63974

EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS E A SEGURANÇA DAS FUTURAS CONSTRUÇÕES EM MADEIRA

Favoritar este trabalho

O Estado de Santa Catarina apresenta particularidades climáticas e situa-se numa região do globo terrestre onde os ventos tem maior média de velocidade anual no Brasil. Objetivou-se este trabalho quantificar os eventos extremos de maiores ocorrências nos últimos anos no Estado de Santa Catarina, suas frequências e localização, cadastrando-os em um banco de dados para a difusão de conhecimentos e o dimensionamento de futuras construções. De acordo com os resultados, verifica-se a predominância de vendavais, seguida de chuva/inundações. A mesorregião do Oeste Catarinense, nos meses de abril e junho, foi onde ocorreu a maior incidência de vendavais e tornados, correspondendo a 48% do total de eventos no Estado. Conclui-se que o levantamento dos desastres naturais, associados à previsão meteorológica, podem reduzir os riscos de vítimas fatais e de perdas econômicas, além do que permite definir “in loco” as áreas mais propensas a sofrerem colapsos, os materiais construtivos mais adequados à região bem como as ações sobre as estruturas de madeira mais comuns para um projeto seguro.