61372

TEOR DE UMIDADE RELACIONADO COM O MÓDULO DE RUPTURA E ELASTICIDADE DE PAINÉIS AGLOMERADOS DAS ESPÉCIES Tetrorchidium rubrivenium E Pinus elliottii

Favorite this paper

O presente trabalho tem como objetivo avaliar o potencial de uso das chapas aglomeradas produzidas com as madeiras de Tetrorchidium rubrivenium e Pinus elliotti, utilizando o adesivo ureia-formaldeído. Para tal, foram produzidas chapas com 0, 25, 50, 75 e 100% de proporção em peso seco de partículas, sendo que cada tratamento possui 8 repetições, totalizando 40 painéis aglomerados. A avaliação das propriedades mecânicas foi direcionada para a flexão estática, precisamente no módulo de ruptura (MOR) e módulo de elasticidade (MOE), sendo estes relacionados com o teor de umidade (TU) dos painéis aglomerados das espécies em estudo. Os ensaios mecânicos foram realizados no Laboratório de Produtos Florestais da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). E com base nos resultados encontrados na presente pesquisa pode-se concluir que a espécie Tetrorchidium rubrivenium não obteve resultados satisfatórios quanto ao MOR e o MOE, comparada à espécie de Pinus elliottii.