Favorite this paper

O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento da madeira acácia negra submetida a secagem em estufa em três diferentes temperaturas. Para a realização deste estudo foram utilizadas tábuas de madeira de acácia negra provenientes de árvores com idade de aproximadamente 11 anos. O experimento foi estabelecido por três tratamentos, sendo eles: 75ºC (tratamento 1), 60ºC (tratamento 2) e 45ºC (tratamento 3), para cada tratamento foram utilizados 30 corpos de prova. Os parâmetros avaliados foram: teor de umidade, densidade básica, taxa de secagem, contrações, curva de secagem e defeitos de secagem. Os três tratamentos atingiram teor de umidade final similar, mas em tempo de secagem distintos. A densidade básica média encontrada foi de 0,592g/cm³. A taxa de secagem não diferiu, significativamente, entre os tratamentos 1 e 2. O desenvolvimento de contrações ocorreu com percentual considerado dentro da média consultada. O índice de rachaduras de topo foi superior no tratamento 1 e o índice de rachaduras superficiais foi maior no tratamento 3. Os empenamentos foram considerados leves. Os resultados encontrados indicam que as diferentes temperaturas empregadas na secagem da madeira da Acacia mearnsii De Wild proporcionam comportamento semelhante