64060

PRODUÇÃO E ANÁLISE DA POLPA CELULÓSICA OBTIDA A PARTIR DE LÍNTER DO ALGODÃO Gossypium hirsutum L.

Favorite this paper

Observa-se um maior enfoque e preocupação voltados para a natureza de um modo geral. Têm-se inovações e tecnologias que visam à substituição de materiais e o desenvolvimento de novas metodologias a fim de se conciliar a produção econômica com a sustentabilidade do planeta. O presente trabalho teve como objetivo a produção da polpa celulósica obtida a partir do línter de algodão pelo processo organossolve e a análise de suas características a fim de verificar seu uso potencial em formar papel. Para isso, alguns parâmetros foram obtidos como: número kappa, viscosidade e porcentagem de finos presente na polpa. A polpa de línter de algodão apresentou um número Kappa relativamente baixo (23,18), baixa viscosidade (3,03 cP) e elevada porcentagem de finos (90%). Assim, o processo organossolve, mesmo sendo pouco agressivo frente aos processos tradicionais, gerou uma polpa celulósica de línter de algodão não apropriada para formação de folhas de papel com resistência mínima para ser analisada.