64004

PRODUÇÃO DE CARVÃO VEGETAL A PARTIR DE CASCA DE EUCALYPTUS SPP. EM DIFERENTES TEMPERATURAS DE PIROLISES.

Favorite this paper

A casca de eucalipto é um resíduo gerado em grande volume e tem sido utilizado como fonte de energia (queima direta) pelas indústrias. Este trabalho procurou utilizar a casca de Eucalyptus spp. como fonte de matéria-prima para produção de carvão vegetal e estudar a influência das temperaturas de pirólises nas propriedades do produto final. Foram produzidos carvões com diferentes temperaturas: 300 °C, 400 °C e 500 °C, e determinadas suas propriedades mediante a análise química imediata, poder calorífico superior (PCS) e análise termogravimétrica (TGA). Observou-se que com o aumento da temperatura de pirólises melhoraram as características energéticas do carvão, aumentado o teor de carbono fixo e o PCS. Nas curvas de TG/DTG foi possível determinar as diferenças na estabilidade térmica dos três tipos de carvão. Embora os carvões produzidos não atingissem a qualidade necessária para aplicação industrial (metalurgia), poderiam ser utilizados para calefação ou uso doméstico.