Favorite this paper

Os painéis à base de madeira vêm sendo amplamente utilizados em todo o mundo, em diversos segmentos da indústria madeireira, como em móveis, painéis, estruturas e outros componentes na construção civil. O grande volume de resíduos gerados pela agroindústria viabiliza o desenvolvimento de materiais alternativos e sustentáveis, destacando-se os painéis de partículas. O objetivo deste trabalho é produzir painéis de partículas homogêneos de alta densidade, com resíduos de madeira de Pinus elliottii e casca de aveia (Avena sativa), aderidos sob pressão com dois tipos de adesivo, poliuretano à base de óleo de mamona e melamina formaldeído, e avaliar o desempenho físico e mecânico destes painéis. O desempenho físico-mecânico dos painéis foi avaliado com base nas normas ABNT NBR 14810 (2006 e 2013). Os resultados apontaram propriedades físicas e mecânicas dos painéis, em alguns tratamentos superiores aos requisitos estipulados por normas consultadas. Conclui-se que os painéis produzidos com o adesivo poliuretano à base de óleo de mamona apresentaram melhor desempenho físico e mecânico.