Favorite this paper

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do tratamento hidrotérmico nas partículas strands de eucalipto. Partículas strands de eucalipto com cerca de 23 x 90 x 0,30 mm de largura, comprimento e espessura, respectivamente; foram pré-hidrolisadas a 130, 150 e 170ºC por 7 e 21 minutos. Posteriormente as partículas foram mantidas em câmara climática a temperatura de 20 ± 2ºC e umidade relativa de 65 ± 3%, até estabilização das mesmas. Em seguida foram determinados os teores de extrativos, de lignina e de carboidratos dos flocos, assim como o pH, a umidade de equilíbrio, a perda de massa e a densidade a granel. O tratamento hidrotérmico, principalmente na temperatura de 170°C, causou degradação de alguns constituintes químicos principalmente galactanas, xilanas e arabinanas e consequentemente diminuiu a umidade de equilíbrio higroscópico dos flocos. A princípio resultado positivo para uma possível produção de painéis OSB. Contudo também causou uma acidificação e a perda de massa das partículas, sendo assim são necessários mais estudos para verificar se a acidificação irá influenciar na cura do adesivo.