61549

Estudo do compósito de lignina kraft e tungstênio (W5%Lig) aplicando técnicas termogravimétricas e difração de raios-X

Favorite this paper

Os resíduos industriais madeireiros tem mostrado diversos materiais para o desenvolvimento e produção de novas tecnologias, aplicadas aos mais variados setores, despertando enorme interesse de pesquisadores. Um exemplo desses resíduos é a lignina kraft, polímero natural obtido a partir do processo Kraft de extração de polpa celulósica, considerado resíduo da indústria celulósica, podendo ser utilizada como um material precusor na obtenção de um novo compósito orgânico-metálico. O objetivo deste trabalho foi obter um compósito a partir de Lignina e Tungstênio, submetendo-o a análises Termogravimétricas (TG), Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC) e difrações de Raios-X (XRD). O resultados mostraram as propriedades térmicas e cristalográficas do compósito, que poderão contribuir com possível aplicação na atenuação da radiação gama.