61431

DISTRIBUIÇÃO DIAMÉTRICA E PARÂMETROS FITOSSOCIOLÓGICOS DA GRÁPIA EM UM FRAGMENTO SECUNDÁRIO DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL

Favorite this paper

É de suma importância a busca científica por entender o processo de reestabelecimento de espécies vegetais nativas em fragmentos de florestas que hoje se recuperam de pretéritas intervenções humanas drásticas, com vistas a futuros planos de manejo florestal para a conservação e perpetuação dos serviços ecossistêmicos e dos produtos oriundos de florestas nativas. O presente estudo tem por objetivo analisar a distribuição diamétrica e os parâmetros fitossociológicos da grápia (Apuleia leiocarpa (Vogel) J.F.Macbr.) em um fragmento secundário de 7 hectares da Floresta Estacional Decidual na região central do Rio Grande do Sul, usando o método de parcelas permanentes, com 50 parcelas, que totalizaram 1 hectare de amostragem. O estudo revelou que, dos 44 indivíduos amostrados, 37 (84%) se encontram nas duas primeiras classes de diâmetro, o que indicou uma distribuição comum para florestas inequiâneas. Conclui-se, com isso, que o estudo obteve sucesso em analisar a estrutura horizontal da grápia, indicando boa regeneração e perspectivas positivas para a perpetuação da espécie na área estudada, mesmo que esta ainda não apresente uma distribuição diamétrica completa.