Favorite this paper

Este trabalho analisou a concentração mundial da produção de celulose, no período de 1961 a 2014. Para mensurar e analisar a concentração foram usados a Razão de Concentração [CR(k)], Índice de Herfindahl – Hirschman (HHI) e o Coeficiente de Gini (G). Para condições realizadas neste estudo, conclui-se que: Embora a produção mundial de celulose tenha apresentado um crescimento significativo no período em estudo, a concentração seguiu uma tendência de redução da concentração pelo CR(4) e CR(8). O CR(20) mostrou que a concentração da produção mundial está nas mãos do 20 países maiores produtores. O HHI indicou tendências de desconcentração. O HHI ajustado mostrou que a produção mundial de celulose é um mercado não concentrado. O índice de Gini mostrou que mesmo com a redução da concentração, a desigualdade entre os países produtores ainda é considerada forte. Contudo, é possível afirmar que a produção mundial de celulose vem se desconcentrando, mas é preciso utilizar mais indicadores para uma análise mais acurada.