63050

COMPARAÇÃO DOS MÓDULOS DE ELASTICIDADE EM DIFERENTES IDADES DETERMINADOS POR VIBRAÇÃO EM PEQUENAS PEÇAS ESTRUTURAIS

Favorite this paper

A fim de incrementar os estudos existentes sobre a pouca utilização da madeira e ampliar os conhecimentos sobre estas, o trabalho objetiva a utilização de uma técnica eficiente para a determinação do módulo de elasticidade levando em conta a relação comprimento/altura (L/h) e verificar a influência do cisalhamento no módulo de elasticidade por meio da comparação de ensaios destrutivos e não destrutivos. A madeira ensaiada no trabalho é o Eucalyptus sp. Os ensaios não destrutivos foram realizados com a técnica de vibração longitudinal e os destrutivos pela flexão estática. Com base nos resultados apresentados conclui-se que: O teor de umidade dos corpos de provas estão dentro do estipulado pela norma para a execução dos ensaios; A densidade aparente média apresentou valores inferiores aos encontrados em literaturas. Os resultados obtidos a partir desse trabalho proporcionaram condições para o aperfeiçoamento dos projetos de estruturas de madeira, cujos elementos estejam submetidos à solicitação de flexão. Apenas as relações L/h = 21 e L/h = 23 mostraram-se adequados ao estudar a relação L h e o módulo de elasticidade. Não sendo, portanto, indicado a utilização de corpos de prova com a relação L/h inferior a 21.