60875

APLICAÇÃO DE ANÁLISES NÃO DESTRUTIVAS EM MADEIRA DE Cedrela fissilis Vell. UTILIZADA EM RESTAURAÇÃO FLORESTAL

Favorite this paper

Com as intensivas ações antrópicas visando expandir fronteiras agrícolas recorrente nas ultimas décadas, as práticas de restauração florestal ganharam maior importancia no cenário nacional. Ensaios não destrutivos têm sido utilizados nestas práticas devido a sua facilidade de aplicação na avaliação das propriedades da madeira sem a necessidade do corte das árvores. Neste sentido, a pesquisa tem como objetivo avaliar a qualidade da madeira do cedro-rosa por meio de análises não destrutivas, e dessa forma avaliar o estado fitossanitário da árvore por meio da tomografia de impulso e determinar a densidade da madeira pela densitometria de raios-X e pelo método gravimétrico. Sendo assim, 8 indivíduos de cedro-rosa com 16 anos de idade e com diâmetros maiores que 20 cm, foram selecionados. Realizando a analise de tomografía de impulso e após Foram retiradas amostras do lenho com auxílio dasonda de Pressler a fim de realizar as análises de densidade básica e de densidade aparente pela densitometria de raios-X. A densidade básica obteve o valor médio de 513,66 kg/m3 e a densidade aparente a 15%, realizada através da densitometria de raios-X de 527,7 kg/m3. A densitometria de raios-X estimou com precisão a idade dos indivíduos. A tomografia apresentou valor médio de propagação de ondas de 539,72 m/s, ressaltando que somente 2 indivíduos apresentaram considerada variação no estado fitossanitário da madeira. As metodologias não destrutivas utilizadas demonstraram ser eficazes no estudo de propriedades físicas de espécies florestais sem a utilização da amostragem destrutiva.