61299

ANÁLISE DAS PROPRIEDADES DE ADESIVOS À BASE DE TANINOS DE EUCALIPTO

Favorite this paper

Embora as toras oriundas de florestas plantadas tenham uma ampla aplicação no mercado, a casca ainda é subutilizada, não havendo um mercado especifico para aplicação. Praticamente todos os processamentos industriais removem a casca, deixando-a no campo ou utilizando-a como fonte de energia. Nesse cenário foi analisado o potencial dos taninos extraídos de eucalipto para produção de adesivos. Os taninos para produção do adesivo foram extraídos das cascas de Eucalyptus grandis, em banho-maria à temperatura de 70 °C durante três horas, utilizando a relação licor /casca seca de 15:1 e 3% de sulfito de sódio (Na2SO3). Para a produção dos adesivos utilizou-se a formulação 141 g de taninos em pó, 150 ml de água, e após um intervalo de 24 horas para hidratação, acrescentou-se 9 g de paraformaldeído. Foram determinadas as propriedades de tempo de gel, viscosidade, teor de sólidos e pH dos adesivos. Observou-se os valores de 1359 cP de viscosidade, 330 s de tempo de gel, 35,11 % de teor de sólidos e pH de 5,66. Concluiu-se que é possível obter adesivos cada vez mais próximos das características desejáveis, indicando assim o potencial de aplicação dos mesmos.