Favorite this paper

A madeira, por ser um material orgânico, é susceptível a diferentes agentes biodeterioradores, como fungos e bactérias, insetos e perfuradores marinhos. Denominados de organismos xilófagos, os agentes bióticos são os principais responsáveis pelos danos tidos na madeira. Dentre os fungos, existem os da podridão parda, podridão branca, podridão mole, além dos manchadores, variando em função da deterioração dos diferentes compostos da madeira. Os insetos são divididos em Isoptera (térmitas), Coleóptera (coleobrocas) e, em menor escala Himenóptera (vespas e formigas). Entre os perfuradores marinhos estão enquadrados as algas, esponjas, crustáceos, moluscos e equinodermos. Visto os diversos agentes biodeterioradores e os danos causados por estes, é importante conhecer e fornecer informações básicas a respeito, para melhor utilização da madeira em diferentes condições de exposição a agentes biodeterioradores.