60882

ADSORVENTES DERIVADOS DE LODO DE ESGOTO PARA REMOÇÃO DE QUATRO COMPOSTOS DE EXTRATIVOS DA MADEIRA

Favorite this paper

O lodo de esgoto é um subproduto sólido das estações de tratamento de esgoto e tem sido utilizado na agricultura e também no preparo de adsorventes. Contudo, nenhum dos adsorventes relatados na literatura tem sido avaliado na remoção de compostos lipofílicos da madeira. Estes compostos, durante a extração da polpa celulósica nas indústrias de papel e celulose, podem se acumular e gerar um material pegajoso conhecido como pitch. Diante deste cenário, o objetivo deste estudo foi preparar adsorventes a partir de dez amostras de lodo de esgoto e avaliar a eficiência desses na remoção de quatro compostos presentes nos extrativos da madeira e que representam as principais classes químicas presentes no pitch: dodecan-1-ol, ácido hexadecanoico, tetracosano e β-sitosterol. Os adsorventes foram preparados em forno mufla a 700°C por 30 min. Foi realizado um estudo de adsorção, e a análise quantitativa dos compostos, antes e após adsorção, foi realizada por cromatografia gasosa acoplada ao detector de ionização em chamas. A porcentagem de remoção destes compostos pelos adsorventes foi superior a 70%. As melhores taxas de adsorção (acima de 85%) foram obtidas pelos adsorventes a partir do lodo de esgoto das cidades de Belo Horizonte, Bom Despacho, Corinto, Curvelo e Montes Claros.