14336

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE DIFERENTES GRANULOMETRIAS DE ACÍCULA DE PINUS TAEDA

Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

A partir dos problemas ambientais gerados pela utilização de combustíveis fósseis, a área florestal vem buscando alternativas renováveis para essa produção energética, visando melhorias ambientais e uma diminuição na emissão de gases prejudiciais ao planeta. Uma alternativa bastante estudada e que tem suscitado o interesse da comunidade científica positivamente e de forma abrangente é a utilização de briquetes e pellets como biomassa para a geração de bioenergia. Esse trabalho visa realizar uma análise comparativa entre diferentes granulometrias de acículas de Pinus taeda para a produção de briquetes. Observou-se que as acículas com valores granulométricos mais alta apresentaram resistência muito baixa (6,924 kgf) quando comparada a resistência ideal encontrada na literatura, em torno de 50 a 60 kgf. Já o resíduo de acículas com granulometria menor (de 60 a 200 mesh),a resistência foi um pouco maior (18,56 kgf) todavia também não atingiu valores idealmente suficientes. Isso se deve a pouca aderência que as maiores partículas possuem o que causa essa perda de material, que não é interessante comercialmente, já que em situações de transporte os briquetes podem perder aderência, prejudicando o produto e sua adesão no mercado.