15368

ARRANCAMENTO DE PARAFUSO EM PAINÉIS AGLOMERADOS PRODUZIDOS COM MADEIRAS DAS DIFERENTES REGIÕES RADIAIS DE PINUS E EUCALIPTO

Favorite this paper

1. INTRODUÇÃO

A tecnologia empregada na produção de painéis aglomerados agrega uma série de vantagens, tais como eliminação do fator anisotrópico da madeira sólida e propriedades físicas e mecânicas mais homogêneas (MALONEY, 1993).

O maior consumidor dos painéis aglomerados é o setor moveleiro, o qual exige que o material apresente propriedades mecânicas satisfatórias. Uma dessas propriedades está relacionada ao parafusamento. Segundo Matos (1988), a resistência ao arrancamento de parafuso apresenta especial importância quando os painéis são utilizados para fins de produção de móveis, sendo a escolha da matéria-prima um fator decisivo para o bom desempenho quanto a essa propriedade.

Quando a matéria-prima em questão é a madeira, deve-se levar em consideração a alta variabilidade existente entre espécies e até mesmo dentro da própria árvore. Sabe-se que a madeira se comporta diferentemente considerando suas regiões radiais devido às diferenças anatômicas existentes entre elas e que isso pode influenciar diretamente nas propriedades dos painéis.

Nesse sentido, o objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de diferentes regiões radiais da madeira de Eucalyptus grandis e Pinus oocarpa sobre as propriedades de resistência ao arrancamento de parafuso em painéis aglomerados.