INFLUÊNCIA DA PRESENÇA DE CHUVA NO COMPORTAMENTO DE CONDUTORES NO MEIO URBANO: UM ESTUDO NATURALÍSTICO DE DIREÇÃO

Vol 2, 2023 - 162837
Artigo Científico
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da presença/ausência de chuva no comportamento de condutores da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) quanto às variáveis velocidade, aceleração brusca e frenagem. Para tal, a metodologia utilizada envolveu três etapas: i) Aquisição de Dados Comportamentais pelo Estudo Naturalístico da Condução; ii) Aquisição de Dados de Chuva; iii) Análise de Dados e Testes Estatísticos. Os resultados encontrados indicam que não houve diferença significativa entre a porcentagem de tempo que os condutores gastam em cada faixa de velocidade, nem na percentagem de acelerações e frenagens bruscas quando comparadas as situações sem e com chuva. Uma hipótese, a ser verificada em pesquisas futuras, é de que os condutores da RMC estariam habituados a dirigir sob condição de chuva e, portanto, não compensariam esta condição com um comportamento mais cuidadoso.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Instituições
  • 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG)
  • 2 University of Illinois at Urbana-Champaign
  • 3 Universidade Federal do Paraná
Eixo Temático
  • 3. Tráfego Urbano e Rodoviário
Palavras-chave
Evento climático; segurança viária; Transporte urbano; Instrumentação veicular