ÍNDICE DE MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL PARA O TRÁFEGO E CIRCULAÇÃO URBANA NO MUNICÍPIO DE ITABIRA/MG

Vol 1, 2022 - 153393
Artigo Científico
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

O elevado uso do automóvel particular é um fator presente no dia a dia dos centros urbanos, gerando poluição, congestionamentos e perda na qualidade de vida da população. Diante disso, surgiu a necessidade de se aplicar medidas que auxiliem no monitoramento e na tomada de decisões por parte de gestores públicos, a fim de mitigar problemas voltados para o transporte e mobilidade. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo aplicar o Índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS) proposto em Costa (2008) em seu domínio Tráfego e Circulação Urbana no município de Itabira (MG). Como resultado, obteve-se um índice de 0,429, valor abaixo da média (0,5). Sabe-se que quanto mais próximo de 1,0, melhores são as condições de mobilidade urbana. Com isso, conclui-se que o tráfego e circulação urbana no município se encontram em uma situação crítica, sendo necessário um olhar mais atento para promover uma mobilidade urbana mais sustentável.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Instituições
  • 1 Universidade Federal de Itajubá
  • 2 Universidade Estadual de Campinas
  • 3 Transita
Eixo Temático
  • 6. Planejamento Territorial do Transporte
Palavras-chave
mobilidade urbana
Tráfego
circulação urbana