ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE DO TRANSPORTE PÚBLICO URBANO POR ÔNIBUS A UM POLO GERADOR DE VIAGENS: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO

Vol 2, 2023 - 162684
Artigo Científico
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

Universidades são responsáveis por gerar alto fluxo de viagens impactando diretamente na acessibilidade do sistema de transporte público urbano, caracterizando-o como Polo Gerador de Viagens. Logo, este artigo aborda a quantificação do índice de acessibilidade do transporte público coletivo por ônibus a uma instituição de ensino. Para tanto, a metodologia proposta identificou a recorrência de estudos acadêmicos sobre o tema referido definindo o melhor método de cálculo da acessibilidade, sendo este com duas formulações diferentes, considerando-se dois fatores de atratividades (número de pessoas que têm acesso constante às atividades da universidade e tempo de viagem). Dos resultados, ambos métodos revelaram semelhança, demonstrando que quanto maior as distâncias e tempos de viagens a serem vencidos, pior é o índice de acessibilidade na área analisada, prejudicando o acesso. Em relação às viagens atraídas para a universidade, durante a semana existe uma constância, porém sexta-feira apresentou menor percentual (15%) em virtude do total.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Instituições
  • 1 Universidade Federal de Itajubá
  • 2 Universidade Federal de Itajubá / Universidade Estadual de Campinas
  • 3 Universidade Estadual de Campinas
Eixo Temático
  • 2. Planejamento Territorial do Transporte
Palavras-chave
acessibilidade; Transporte público urbano; Polos Geradores de Viagens