AÇÕES DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DESENVOLVIDAS EM UM SERVIÇO DE VERIFICAÇÃO DE ÓBITO

Vol 2, 2022 - 159987
Relato de Experiência em Saúde Coletiva
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

Primeiro quadrimestre de 2022 (01/01/2022 – 30/04/2022).

Objeto da experiência

Ações de vigilância epidemiológica (VE) no Serviço de Verificação de Óbito de Salvador e Região Metropolitana (SVO-SSA/RMS).

Objetivos

Identificar o perfil dos óbitos por causa natural necropsiados no SVO-SSA/RMS, incluindo a elucidação da causa básica, a partir do acompanhamento dos resultados da necropsia e exames realizados, além da notificação nos sistemas de informação em saúde dos casos com doenças de notificação compulsória.

Metodologia

A rotina realizada pelo serviço consiste na pesquisa dos dados do falecido nos sistemas informatizados de saúde, conhecimento da história pregressa, orientações quanto à coleta de amostras biológicas, acompanhamento dos resultados e registro das doenças de notificação compulsória. A interação entre os profissionais da equipe possibilita o direcionamento para elucidação da causa básica da morte e confecção de relatórios para alterações destas causas no Sistema de Informação sobre Mortalidade.

Resultados

Das 108 necropsias realizadas no período, 94,4% tiveram a causa de morte esclarecida. A maior parte dos óbitos recebidos pelo SVO-SSA/RMS foi de indivíduos do sexo masculino (59,3%), residência (74,1%) e ocorrência (72,2%) em Salvador. Doenças de notificação compulsória identificadas: 15 casos de Covid-19, 05 casos de tuberculose, 04 casos de Influenza A, 03 casos de HIV/AIDS, 02 casos de doença de chagas crônico, 01caso de SRAG não especificado e 01 caso de hepatite C.

Análise Crítica

O SVO-SSA/RMS tem seu funcionamento completo previsto para 2022, portanto, o quantitativo de corpos necropsiados pelo SVO e, consequentemente, as ações de vigilância epidemiológica para os óbitos por causa natural seguem em ampliação. A pandemia de Covid-19 dificultou a atuação do serviço, devido a restrições para realização de necropsias. Porém, a introdução do teste rápido de antígeno Covid-19 para descarte da doença possibilitou retorno das necropsias na maioria dos corpos recepcionados.

Conclusões e/ou Recomendações

as ações de vigilância epidemiológica desempenhadas no SVO são de fundamental importância para os serviços de saúde, para a saúde coletiva e para a população, pois visam a colaborar com a elucidação da causa básica da morte dos óbitos ocorridos no território de abrangência, descrever o perfil clínico epidemiológico dos óbitos por causa natural, reduzir as causas mal definidas e subsidiar o planejamento de políticas públicas.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Eixo Temático
  • Eixo 03 - Sistema Único de Saúde: desafios persistentes e perspectivas